Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Transferência para UFPA

1. Transferência Ex-Offício ou compulsória - Destinados aos Servidores Públicos e seus dependentes, Militares e seus dependentes amparados pela Lei nº 9536/97, 11/12/97 Presid

Documentos para servidores públicos civis ou dependentes

  1. Requerimento e formulário a ser preenchido no CIAC;
  2. Carteira de identidade, CPF e quitação eleitora (cópia);
  3. Uma (1) fotografia 3x4 (recente);
  4. Certidão de nascimento ou casamento, quando dependente (cópia);
  5. Diário Oficial ou Portaria de transferência ou remoção (cópia);
  6. Declaração do Órgão Público da localidade recebedora, assinada pela autoridade responsável, contendo informações da razão da transferência ou remoção e data que se apresentou ao serviço (original);
  7. Histórico Escolar atualizado, emitido no semestre em que for requerida a transferência (original);
  8. Declaração de vínculo com a Instituição de origem ou comprovante de matrícula atualizados do semestre letivo em que for requerida a transferência (original);
  9. Declaração da Instituição informando se a mesma é Pública ou Privada;
  10. Decreto de reconhecimento ou autorização de funcionamento do Curso de origem oficializado pelo MEC, (algumas Instituições utilizam essa informação no Histórico Escolar);
  11. Programas das disciplinas cursadas na IES de origem, que deverão ser apresentados somente na faculdade, quando deferida a transferência.
  12. Documento que comprove a regularidade do Aluno perante o ENADE.
  13. Histórico e Certificado de Conclusão do Ensino Médio.
  14. Comprovante de residência.

Documentos para servidores públicos Militar e dependentes

  1. Requerimento e formulário a ser preenchido no CIAC;
  2. Carteira de identidade, CPF e quitação eleitoral (Cópia);
  3. Uma (01) fotografia 3x4 (recente);
  4. Certidão de nascimento ou casamento, quando dependente (cópia);
  5. Boletim de transferência ou Radiograma (cópia);
  6. Declaração do Comando em Belém, contendo informações da razão da transferência e data que se apresentou ao serviço (original);
  7. Histórico Escolar atualizado, emitido no semestre em que for requerida a transferência (original);
  8. Declaração de vínculo com a Instituição de origem ou comprovante de matrícula, emitidos no semestre letivo em que for requerida a transferência (original)
  9. Declaração da Instituição informando se a mesma é Pública ou Privada;
  10. Decreto de Reconhecimento ou autorização de funcionamento do Curso de origem oficializado pelo MEC, (algumas Instituições utilizam essa informação no Histórico Escolar) ;
  11. Programas das disciplinas cursadas na IES de origem, que deverão ser apresentados somente na Faculdade, quando deferida a transferência.
  12. Documento que comprove a regularidade do Aluno perante o ENADE.
  13. Histórico e Certificado de Conclusão do Ensino Médio.
  14. Comprovante de residência.

OBS: O interessado deve informar obrigatoriamente o turno que deseja cursar conforme sua necessidade.

2. Transferência não compulsória (MOBA - Mobilidade Acadêmica Interna e Externa) - ocorre via Processo Seletivo pelo CEPS - Centro de Processos Seletivos

3. Mobilidade ANDIFES (Convênio celebrado entre Instituições Federais de Ensino Superior) - quem tem direito são alunos da graduação vinculados às Instituições. As informações são adquiridas na PROEG

Fim do conteúdo da página